Dia dos avós…

No último dia 26 comemoramos o dia dos avós. Dia merecido, afinal, quem é que não tem como das melhores lembranças da infância algum momento com seus avós? Eu tenho! Muitas!! Parabéns e obrigada por serem tão especiais!!

Me lembro da alegria de encontrá-los nas férias e feriados, já que morávamos em cidades diferentes, dos dias em que passavam lá em casa, e tudo ficava mais legal, até ir para escola, porque na volta eles estariam lá e o almoço seria bem mais gostoso, lembro-me da comida mais gostosa do mundo, dos presentes, de colocar a meia lá na porta de entrada na véspera de Natal, de ser chamada de fofoqueira pelo meu avô, das orações deles por mim, muitas lembranças e muita saudade também, já que dos 4, tenho apenas 1 avó viva! Que bom que ela ainda está aqui!!

Não é a toa que os avós são chamados de pais com açúcar, pais duas vezes, e a eles são atribuídos infinitos momentos de alegria, carinho e doçura! Obrigada aos meus avós, por terem sido exemplo, e terem me dado tantos momentos felizes na infância!

Agora sou mãe, e vejo meus pais e meus sogros no papel de avós. Vejo como a minha filha os ama e troca tudo para estar com eles!! Vejo a alegria nos seus olhos e o amor que sentem por ela! Como é bom isso! Além dos avós de sangue, ela também tem alguns avós do coração, aos quais ela ama também! E o que sempre digo, é que todos são bem-vindos, afinal, que coisa boa é ter avô e avó, não importa quantos forem, não é mesmo? A eles, minha eterna gratidão pelo quanto alegram a vida da minha pequena Beatriz!

Diante de tudo isso, quero deixar apenas algumas reflexões:

Aos pais, que incentivemos a convivência dos nossos filhos com seus avós, mas que tenhamos consciência de que eles já foram pais. Portanto, não tem a obrigação que temos de criarem nossos filhos, de serem chatos, exigentes, sempre corrigir tudo, não deixar passar um detalhe. Deixem que eles brinquem, riam, façam o que quiserem juntos, e se divirtam muito. Dêem liberdade a eles. Que eles os deixem fazer coisas que nós não deixamos. Pensem que nossos filhos precisam disso. Precisam desse alento, precisam que eles sejam diferentes de nós… se forem iguais, qual a graça, qual o encanto de estar com eles? Não se preocupem, porque não é sendo bravos e exigentes que ensinarão nossos filhos. Certamente ensinarão muitas coisas, e darão muitos bons exemplos, de uma forma diferente, que só eles sabem, com a leveza e experiência que a vida os trouxe.

Aos avós, talvez seja inútil dizer qualquer coisa, porque o que vejo é um amor indescritível e uma disposição incessante de estar com seus netos. Mesmo assim, apenas digo o que sinto e o que vejo: nunca se esqueçam da importância que têm na vida de seus netos, do quanto são inesquecíveis e amados, e do quanto eles gostam de estar com vocês. Orem por eles. Saibam que seu exemplo será muito importante pra eles. Aproveitem o máximo que puderem, porque assim como os filhos, os netos também vão crescer, e rápido! E mais, uma vez, obrigada por tudo que representam na nossa vida!

Aos netos, aproveitem seus avós, enquanto estão vivos! Aprendam com eles, ouçam suas histórias. Pela lógica, partirão antes de nós, e deixarão saudade apenas! Não será mais possível brincar, conversar e gastar tempo com eles… Guardem num espaço reservado do coração os bons momentos vividos, porque isso certamente ficará para sempre, e nos tornará pessoas mais doces, como eles são!

vga_dia-dos-avos-feliz-dia-dos-avos-01

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s